Nós Ajudamos…

Há sempre quem precise

Saiba Mais...

Podemos fazer mais…

...Há sempre muitas formas de o ajudar

Saiba Mais...

Venha conhecer-nos…

... Saiba como o podemos fazer por si

Saiba Mais...

Participe neste Inquérito

O Centro de Apoio ao Doente Oncológico (CADO) pretende efetuar um estudo para conhecer melhor a população do Alto Minho e as situações de cancro e os que maior incidência têm no Alto Minho.

Participe Neste Inquérito

Este questionário procura identificar e analisar a incidência de diferentes casos de cancro, no Alto Minho. Algo ainda pouco desenvolvido na região e que permitirá, por exemplo, elaborar uma estatística detalhada sobre os tipos de cancro, por concelho.

Saiba Mais...

Últimas Notícias

CADO pretende aproximar-se da população do Alto Minho

O Centro de Apoio ao Doente Oncológico vai lançar um questionário a população do Alto Minho para poder perceber e responder de forma mais eficaz aos casos oncológicos desta região portuguesa. A partir de hoje clicando na imagem acima poderá aceder ao questionário e responder a estas questões de forma a ajudar o CADO a esclarecer dúvidas e a dar uma resposta mais eficaz as pessoas que mais necessitam. Este questionário procura identificar e analisar a incidência de diferentes casos de cancro, no Alto Minho. Algo ainda pouco desenvolvido na região e que permitirá, por exemplo, elaborar uma estatística detalhada sobre os tipos […]

Rio Ferdinand: Uma história de superação

Foi em 2015 que o jogador de futebol inglês Rio Ferdinand perdeu a mulher, que lutava contra um cancro. Rebecca Ellison não resistiu ao cancro de mama galopante que a surpreendeu deixando três filhos pequenos, Lorenzo, Tate e Tia, frutos de um casamento com seis anos. A morte de Rebecca Ferdinand  foi um golpe duro na vida do ex-jogador e  antigo capitão da selecção inglesa. Agora a BBC transmitiu um documentário no qual Rio explicou como tem sido a sua vida depois da tragédia. No documentário intitulado ‘Rio Ferdinand: Being Mum and Dad’ revela que começou a beber imenso e a […]

CADO assinou um convénio com Universidade de Santiago de Compostela

O Centro de Apoio ao Doente Oncológico estabeleceu, neste mês de Março, um convénio com a Universidade de Santiago de Compostela para poder receber estágios da área social e da saúde. Com esta parceria o CADO irá ter a possibilidade de receber estagiários curriculares, por um período de quatro meses, que irão possibilitar uma aprendizagem diferente. Serão estágios de 8 horas diárias, de Fevereiro a Maio. A Universidade de Santiago de Compostela é uma universidade pública sediada na cidade de Santiago de Compostela, Galiza, Espanha. Está dividida em quatro campus — três na cidade compostelana (Campus Norte, Campus Sul e […]

Mês Europeu de Luta Contra o Cancro do Intestino

O mês de Março assinala o mês europeu da luta contra o Cancro do Intestino.  O carcinoma colorectal é uma das neoplasias mais comuns nos países desenvolvidos e embora seja, na sua maioria, esporádico, pode ser hereditário. O diagnóstico precoce constitui um dos aspectos mais importantes para a diminuição da mortalidade associada e por isso a CADO alerta para que todos façam uma avaliação médica para prevenirem este cancro.  Se tem mais de 50 anos e/ou algum dos sintomas acima referidos, consulte o seu médico e aconselhe-se quanto à possibilidade de realizar o rastreio. Os sinais e sintomas surgem em estádios […]

O CADO ESTÁ AQUI PARA AJUDAR

O Centro de Apoio ao Doente Oncológico ao concentrar num só espaço os mais urgentes apoios de âmbito oncológico, num local com porta aberta, onde toda a população pode ser atendida de imediato, de uma forma simples, anónima, e sem burocracias, torna-se um porto de abrigo, para o doente e família. Tem como missão apoiar os doentes, apoiar a família. Ajudá-los a enfrentar a doença, conhecendo-a e oferecendo todo o apoio possível aos mais variados níveis: psicológico, social, enfermagem e médico. Vai desenvolver um trabalho dedicado a pessoas com cancro e suas famílias e por isso oferece serviços como apoio social nas questões emergentes, apoio psicoterapêutico para o utente/família e terapia ocupacional. Ajuda ainda o portador de cancro durante todo o período de tratamento. Tem como objectivo o auxílio na saúde, na comparticipação de medicamentos, próteses, suporte alimentar, transportes para tratamentos, compra de material hospitalar específico, empréstimo de equipamentos hospitalares como: cadeira de rodas, cadeira higiénica, cama articulada, canadianas, o apoio psico-terapêutico do doente e da família, entre outros.