2 e 3 de Fevereiro realiza-se o II Encontro Ibérico de Oncologia em Oiã

Neste novo ano, o Centro de Apoio ao Doente Oncológico (CADO) realiza o segundo encontro ibérico de oncologia, que terá lugar nas instalações do Talaso Atlántico em Oiã, parceiro deste evento.

Esta segunda edição, que tem lugar em Espanha, tem uma co-organização importante para a divulgação e trabalho da associação. Além disso, fazem parte deste evento, algumas associações galegas que trabalham a nível oncológico, valorizando este seminário que pretende ser uma referência na parte Norte Litoral da Península Ibérica.

Sara Covas da Costa, Ana Simas, Maria José Dias, Salvador Ramos Rey e Lourdes Vasquez são alguns dos nomes presentes neste encontro que tem entrada gratuita e que além de uma parte expositiva, conta com alguns workshops, como por exemplo, exemplo, fazer uma refeição saudável e como a preparar.

A CADO encontra-se, atualmente, a funcionar nas antigas instalações dos Bombeiros Voluntários de Melgaço e surge com o objetivo principal de dar apoio aos doentes oncológicos, aos seus cuidadores e familiares. Foi constituída em Abril de 2016, por um grupo de jovens, na sua maioria profissionais de saúde e da área social.

A associação pretende tornar-se numa referência na região do Alto Minho no apoio, promoção e proteção da saúde, da educação e do apoio social ao doente oncológico, contribuindo para o bem-estar e qualidade de vida. Ao longo destes meses de existência a CADO tem ajudado a alertar e informar a população sobre as causas e efeitos da doença, bem como ajudar na prevenção da mesma. Mas o trabalho não termina aqui já que a associação apoia o doente oncológico ao nível das questões socioeconómicas e jurídicas; presta cuidados a nível da reabilitação física e promover atividades de lazer/desportivas; Promove a integração social dos doentes oncológicos na sociedade; proporciona fácil acesso em artigos essenciais para o bem-estar físico e psicológico do doente; entre muitos outros.

A CADO disponibiliza também, de forma gratuita serviços de saúde, contando com dois médicos, um enfermeiro, duas psicólogas clínicas, uma técnica social, duas farmacêuticas e uma médica dentária. Além disso realiza iniciativa que levem toda a comunidade a criar hábitos e rotinas saudáveis, evitando e reduzindo os efeitos colaterais de muitos dos tratamentos que a que o doente oncológico é sujeito e, ajudando a prevenir recaídas.

Posted in Uncategorized.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *